Reze
Conosco

Acompanhe a Liturgia Diária e faça seu Pedido de Oração.

Junho, 2019

Liturgia
Diária

DIA 1º – SÁBADO
SÃO JUSTINO, MÁRTIR

(vermelho – ofício da memória)

Os pagãos me contaram suas fábulas, mas nada valem perante a vossa lei. Diante dos reis, falei de vossa aliança sem me envergonhar, aleluia! (Sl 118,85.46)

Justino, que viveu na Palestina no século 2º, depois de percorrer diferentes correntes filosóficas, encontrou respostas aos seus questionamentos na Escritura e na fé em Cristo. Convertido, criou uma escola de filoso­fia em Roma, onde iniciava os alunos na nova religião, e compôs preciosos escritos. Seu exemplo, selado com o martírio, nos leve a buscar a verdadeira sabedoria, Jesus Cristo.

Primeira Leitura: Atos 18,23-28

Leitura dos Atos dos Apóstolos – 23Paulo permaneceu algum tempo em Antioquia. Em seguida, partiu de novo, percorrendo sucessivamente as regiões da Galácia e da Frígia, fortalecendo todos os discípulos. 24Chegou a Éfeso um judeu chamado Apolo, natural de Alexandria. Era homem eloquente, versado nas Escrituras. 25Fora instruído no caminho do Senhor e, com muito entusiasmo, falava e ensinava com exatidão a respeito de Jesus, embora só conhecesse o batismo de João. 26Então, ele começou a falar com muita convicção na sinagoga. Ao escutá-lo, Priscila e Áquila tomaram-no consigo e, com mais exatidão, expuseram-lhe o caminho de Deus. 27Como ele estava querendo passar para a Acaia, os irmãos apoiaram-no e escreveram aos discípulos para que o acolhessem bem. Pela graça de Deus, a presença de Apolo aí foi muito útil aos fiéis. 28Com efeito, ele refutava vigorosamente os judeus em público, demonstrando pelas Escrituras que Jesus é o Messias. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 46(47)

O Senhor é o grande rei de toda a terra.

Povos todos do universo, batei palmas, / gritai a Deus aclamações de alegria! / Porque sublime é o Senhor, o Deus altíssimo, / o soberano que domina toda a terra. – R.
Porque Deus é o grande rei de toda a terra, / ao som da harpa acompanhai os seus louvores! / Deus reina sobre todas as nações, / está sentado no seu trono glorioso. – R.
Os chefes das nações se reuniram / com o povo do Deus santo de Abraão, / pois só Deus é realmente o Altíssimo, / e os poderosos desta terra lhe pertencem! – R.
Evangelho: João 16,23-28

Aleluia, aleluia, aleluia.

Saí do Pai e vim ao mundo, / eu deixo o mundo e vou ao Pai (Jo 16,28). – R.

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo João – Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 23“Em verdade, em verdade vos digo, se pedirdes ao Pai alguma coisa em meu nome, ele vo-la dará. 24Até agora nada pedistes em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa. 25Disse-vos estas coisas em linguagem figurativa. Vem a hora em que não vos falarei mais em figuras, mas claramente vos falarei do Pai. 26Naquele dia pedireis em meu nome, e não vos digo que vou pedir ao Pai por vós, 27pois o próprio Pai vos ama, porque vós me amastes e acreditastes que eu vim da parte de Deus. 28Eu saí do Pai e vim ao mundo; e novamente parto do mundo e vou para o Pai”. – Palavra da salvação.

Reflexão:
Jesus não é nenhum frustrado. Bem ao contrário, tem plena consciência de sua origem e de seu fim. Vem do Pai e ao Pai voltará. Sabe que realizou integralmente a vontade de Deus neste mundo, isto é, foi portador da salvação para a humanidade. Empenhou-se para criar comunhão entre ele e seus discípulos, chamando-os de amigos e revelando-lhes tudo o que ouviu do Pai. Os discípulos, porém, parecem distraídos e não conseguem assimilar o sentido profundo da mensagem do Mestre. Mesmo assim, Jesus não cessa de convidá-los a entrar na intimidade dele e do Pai. Como filhos queridos, podem sentir-se livres para pedirem, movidos pelo Espírito, o que quiserem em nome de Jesus e serão atendidos. A última frase resume a vida de Jesus: “Saí do Pai, vim ao mundo e agora retorno ao Pai”.

(Dia a dia com o Evangelho 2019 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp)

Fonte: Paulus