Reze
Conosco

Acompanhe a Liturgia Diária e faça seu Pedido de Oração.

Novembro, 2020

Liturgia
Diária

13 – SEXTA-FEIRA
32ª SEMANA COMUM

(verde – ofício do dia)

Chegue até vós a minha súplica; inclinai vosso ouvido à minha prece (Sl 87,3).

Deus nos cerca de carinho e proteção e, nesta liturgia, recorda-nos o mandamento do amor. Celebremos de coração aberto, atentos aos ensinamentos e advertências do Senhor.

Primeira Leitura: 2 João 4-9

Leitura da segunda carta de São João – 4Muito me alegrei, senhora, por ter encontrado alguns dos teus filhos que caminham conforme a verdade, segundo o mandamento que recebemos do Pai. 5E agora, senhora, eu te peço – não que te esteja escrevendo a respeito de um novo mandamento, pois trata-se daquele que temos desde o princípio -, amemo-nos uns aos outros. 6E amar consiste no seguinte: em viver conforme os seus mandamentos. Este é o mandamento que ouvistes desde o início para guiar o vosso proceder. 7Acontece que se espalharam pelo mundo muitos sedutores, que não confessam a Jesus Cristo encarnado. Está aí o sedutor, o anticristo. 8Tomai cuidado, se não quereis perder o fruto do vosso trabalho, mas sim receber a plena recompensa. 9Todo o que não permanece na doutrina de Cristo, mas passa além, não possui a Deus. Aquele que permanece na doutrina é o que possui o Pai e o Filho. – Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial: 118(119)

Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

1. Feliz o homem sem pecado em seu caminho, / que na lei do Senhor Deus vai progredindo! – R.

2. Feliz o homem que observa seus preceitos / e, de todo o coração, procura a Deus! – R.

3. De todo o coração, eu vos procuro, / não deixeis que eu abandone a vossa lei! – R.

4. Conservei no coração vossas palavras, / a fim de que eu não peque contra vós. – R.

5. Sede bom com vosso servo, e viverei, / e guardarei vossa palavra, ó Senhor. – R.

6. Abri meus olhos, e então contemplarei / as maravilhas que encerra a vossa lei! – R.

Evangelho: Lucas 17,26-37

Aleluia, aleluia, aleluia.

Levantai vossa cabeça e olhai, / pois a vossa redenção se aproxima! (Lc 21,28) – R.

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas – Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 26“Como aconteceu nos dias de Noé, assim também acontecerá nos dias do Filho do Homem. 27Eles comiam, bebiam, casavam-se e se davam em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Então chegou o dilúvio e fez morrer todos eles. 28Acontecerá como nos dias de Ló: comiam e bebiam, compravam e vendiam, plantavam e construíam. 29Mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, Deus fez chover fogo e enxofre do céu e fez morrer todos. 30O mesmo acontecerá no dia em que o Filho do Homem for revelado. 31Nesse dia, quem estiver no terraço não desça para apanhar os bens que estão em sua casa. E quem estiver nos campos não volte para trás. 32Lembrai-vos da mulher de Ló. 33Quem procura ganhar a sua vida vai perdê-la, e quem a perde vai conservá-la. 34Eu vos digo, nessa noite dois estarão numa cama: um será tomado e o outro será deixado. 35Duas mulheres estarão moendo juntas: uma será tomada e a outra será deixada. 36Dois homens estarão no campo: um será levado e o outro será deixado”. 37Os discípulos perguntaram: “Senhor, onde acontecerá isso?” Jesus respondeu: “Onde estiver o cadáver, aí se reunirão os abutres”. – Palavra da salvação.

Reflexão:

Muitas pessoas, inclusive seguidoras de Cristo, levam vida focada apenas em coisas terrenas, apegadas aos bens materiais. A destruição e a morte pegaram de surpresa os conterrâneos de Noé e de Ló. Dois modelos a imitar no desapego e na renúncia a si mesmos; no zelo pelas coisas de Deus e na fé. Importa prestar atenção, porque virá também o “dia do Filho do Homem”. O caminho da salvação é um caminho de renúncia ao próprio egoísmo e de dedicação à prática da justiça. “Perder a vida”, na verdade, é orientá-la no rumo justo, colocá-la a serviço do Mestre. De alguma forma haverá um julgamento definitivo, coroamento e glória para quem permanecer fiel a Cristo e a seu Reino. Entretanto, a salvação de cada um acontece dia a dia na sua história pessoal.

Oração
Senhor Jesus, tuas palavras são sérias advertências que nos ajudam a refletir sobre a nossa vida. O que, de fato, é importante para nós, peregrinos neste mundo? Em que ocupamos o tempo? Qual é o nosso empenho para melhorar as relações entre as pessoas? Vem em nosso socorro, Senhor. Amém.

(Dia a dia com o Evangelho 2020 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp (dias de semana) Pe. Nilo Luza, ssp (domingos e solenidades)

 

Fonte: Paulus